Cuidado na escolha da panela


(Fonte: Gettyimages)

(Fonte: Gettyimages)

O material do qual é feita a panela pode influenciar no sabor do alimento e em sua saúde. Ao preparar algum alimento tenha em mente que determinados materiais são prejudiciais à saúde. Tais materiais podem ser o alumínio, a cerâmica, o cobre, o esmalte, o inox e o teflon.

O alumínio é suspeito de estar relacionado com as doenças de Alzheimer e de Parkinson. A remoção do óxido de alumínio através do polimento facilita a absorção do alumínio pela comida. O átomo de alumínio pode causar processos metabólicos que estão relacionados a doenças no sangue e nos sistemas neurológico e também esquelético.

Algumas panelas de cerâmica possuem compostos à base de chumbo, principalmente aquelas de cor marrom mais clara que, inclusive, precisam passar por um teste de qualidade e receber um selo que garanta a não existência de componentes de chumbo em sua composição. O chumbo se solta facilmente e é dissolvido no alimento. Materiais a base de chumbo podem causar hipertensão, problemas respiratórios, bronquite, dificuldade de raciocínio e anemia.

Apesar do cobre ser resistente contra corrosão, ele é absorvido facilmente por qualquer alimento, podendo causar já em pequenas quantidades diarreia, náusea e vômito. Em grande quantidade podem levar a alterações osteoarticulares, danos retais, dores nas juntas e lesões cerebrais.

Não é aconselhável o uso de panelas esmaltadas ou pintadas. O esmalte e algumas tintas podem conter materiais a base de chumbo, como cádmio. Panelas deste tipo costumam ser mais antigas, portanto, evite utilizá-las pela facilidade de dissolvimento do esmalte ou da tinta no preparo da comida.

Os cozinheiros profissionais costumam utilizar panelas inox, mas elas também podem causar prejuízos à saúde. Utilizar a palha de aço nesta panela também tira a camada protetora que impede que substâncias nocivas passem para o alimento. O níquel que existe na panela de aço inox pode causar danos no sistema nervoso se for “consumido” em excesso.

Já o teflon é o queridinho das cozinhas no mundo todo. Seu material antiaderente diminui a dificuldade de lavar a panela e a necessidade de se utilizar óleo, deixando o alimento menos gorduroso e, portanto, mais saudável. Entretanto, o teflon se for esquecido no fogo evapora e libera gases CFC que destroem a camada de ozônio.

É aconselhável não limpar as panelas aço para não retirar a camada protetora da panela. Se a gordura ou o resto de comida não quer sair, ferva um pouco de água com detergente para dissolver a sujeira e assim passe o lado mais macio da bucha para acabar a limpeza.

Fonte: Nutrição Holística

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s