Sopa de Cebola


(Foto: Dirceu Garcia / Comércio da Franca)

De origem francesa, a sopa de cebolas é um desses pratos que ganham o mundo (Foto: Dirceu Garcia / Comércio da Franca)

De origem francesa, a sopa de cebolas é um desses pratos que ganham o mundo porque são fáceis de preparar, distinguem-se pelo sabor, têm aparência apetitosa e oferecem abertura para adaptações. Seus ingredientes básicos são a cebola, o caldo de carne ou legumes, a farinha de trigo para engossar, a noz-moscada para perfumar e o queijo para gratinar. Nossa versão emprega farinha de rosca, o que permite uma cor mais dourada que a castanha original. Nada impede porém que você use farinha de trigo. O melhor queijo continua sendo o Gruyère passado no lado grosso do ralador, mas o parmesão e até o Minas meia cura cumprem seu papel gratinador. É incrível como esta sopa fica sempre boa, independente das variações. Talvez o segredo resida do sabor da cebola, que é único.A história da cebola começa há cinco mil anos, no sudeste asiático. Cultivada na Caldeia, no Egito, na Grécia, na Mesopotâmia, os primeiros registros em desenhos e referências textuais datam de 3000 anos antes de Cristo. Os gregos a tinham como vegetal com poderes terapêuticos. No Velho Testamento, há o relato de que o povo judeu, durante o Êxodo, 1500 anos antes de nossa era, sentia sua falta, bem como a do alho e do aipo. Os romanos, já no primeiro século de nossa era, construíam jardins para cultivar diversas espécies: eram os cepinae. Na Era Moderna ela conquista, na Europa, status importante na alimentação de ricos e pobres e nas regiões mediterrâneas é consumida crua uma espécie chamada ‘doce’. No trânsito que se seguiu à descoberta da América, torna-se uma das primeiras plantas europeias a serem cultivadas no Novo Mundo. Cristóvão Colombo as trouxe em sua segunda viagem à América, e os índios Caraíbas, que gostaram delas, se incumbiram de plantá-las em larga escala.

A França, grande produtora de cebolas desde Napoleão, e com extraordinários chefs desde Versalhes, criou a sopa em momento inspirado. Servida em potes, cumbucas, tigelas, aquece e alimenta, sem ser muito calórica. A Itália pegou carona e, não menos rica na arte de transformar alimentos em grandes pratos, colocou a sopa francesa dentro de seu pão e ela ficou ainda mais irresistível. Assim ela aparece em nossa página e pode ser reproduzida por você nestes primeiros dias de inverno.

Aqueça manteiga e azeite em panela grande. Junte as cebolas. Mexa de vez em quando para não grudar depois que estiver cozida. Elas devem ficar alouradas e isso faz diferença no sabor. Salpique aos poucos a farinha de rosca e continue mexendo até que tome cor, o que deve levar uns três minutos- a indefinição do tempo vai por conta de que as chamas dos fogões variam de intensidade. Agregue as pitadas de pimenta e noz-moscada e junte a folha de louro, que será retirada no final. Cubra tudo com o caldo de legumes, baixe o fogo e deixe cozinhar por vinte minutos. De vez em quando mexa. Enquanto a sopa encorpa, cuide do pão. Recorte uma tampa, escave todo o miolo com cuidado para não perfurar a casca. Leve ao forno quente por cinco minutos para ficar bem firme. Transfira a sopa para a cavidade do pão, polvilhe o queijo, volte ao forno para gratinar.

Ingredientes

4 cebolas fatiadas em meia lua
1 colher (sopa) de manteiga
1 colher (sopa) de azeite
4 colheres (sopa) de farinha de rosca
1 folha de louro
1,3 litro de caldo de legumes
1 pitada de pimenta-do-reino
1 pitada de noz-moscada
Sal a gosto
4 colheres (sopa) de queijo ralado para gratinar
1 pão italiano grande ou 4 pequenos para servir

porção: 4
dificuldade: MÉDIA
preço: econômico

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s