Uma salada do Eataly


Espaço de rica experiência sensorial com seus milhares de produtos à mostra, o Eataly é Babel de cores, cheiros, formas, sugestões irresistíveis ao paladar (Foto: Dirceu Garcia/Comércio da Franca)

Espaço de rica experiência sensorial com seus milhares de produtos à mostra, o Eataly é Babel de cores, cheiros, formas, sugestões irresistíveis ao paladar (Foto: Dirceu Garcia/Comércio da Franca)

No alto da fachada, três palavras na vertical: Italy is Eataly. O nome, bem sugestivo, é um neologismo, como se pode de cara perceber. Une o verbo comer, eat, do léxico inglês, com um fragmento do topônimo Italy. Embaixo, à direita, “You are what you eataly”. Por aí já achei apaixonante e só tinha visto a entrada, pela Rua 23, quase esquina com Quinta Avenida, em frente ao Madison Square Park. Inaugurado em agosto de 2010, é um dos dez lugares preferidos dos turistas do mundo inteiro que vão a Nova York. Lá estive em meados de novembro, num dia muito frio de céu muito azul. Estacada pela surpresa na porta, me perguntava diante da imensidão descortinada, babel de gentes e coisas apetecíveis: mas o que é isso? Um imenso mercado? Complexo de restaurantes e lanchonetes? Superlivraria com cafés e delicatessen? Açougue? Sorveteria? Peixaria? Doceria? Padaria?Depois de duas horas circulando lá dentro, mais uma para almoçar, cheguei à conclusão de que era tudo isso e mais um pouco nos seus quase 5 mil metros.

O Eataly representa para qualquer um que adentre seu pórtico, rica experiência sensorial marcada por estímulos de toda ordem, pois tanto se podem saborear suas delícias gastronômicas, como comprar objetos especiais para cozinha (não resisti às forminhas para biscoitos); maravilhosos livros de receitas ( trouxe dois de saladas), cervejas, vinhos, sucos, carnes, massas, queijos, azeites, embutidos, massas frescas e secas de todas as espécies conhecidas, pães de todos os tipos que você possa imaginar, mais pizzas e tutti quanti. É abundância e diversidade.

Não há divisões estanques; ao mesmo tempo em que se come de pé uma fatia de presunto cru, pode-se observar o padeiro com a mão na massa; demorar o olhar sobre as frutas e legumes mais coloridos e frescos que se possa imaginar; acompanhar a multidão que entra e não sai, perdida entre todas as tentações daquele paraíso culinário. É tão espaçoso que existe um tour para conhecê-lo antes de se decidir o que fazer, onde parar para escolher o que degustar entre as mil delícias. O Eataly funciona de segunda a domingo das 10 às 23 horas e só fecha em dois dias do ano: Natal e Ação de Graças.

O primeiro Eataly foi fundado em Turim em 2007 por dois empresários italianos, Oscar Farinetti e Luca Baffigo. Inspirados num lema hedonista, “A vida é muito curta para não comer e beber bem”, criaram um supermercado diferente, que reunia produtos de excelência máxima e restaurantes idem em ambiente acolhedor, pontificado pelos alimentos dispostos de maneira estética entre flores, frutos, verduras, legumes, livros, aventais e utensílios domésticos. Também ofereciam workshops de culinária e jantares temáticos com chefs convidados. O espaço fez tanto sucesso que logo surgiu outra unidade em Roma e hoje há 22 lojas ao redor do mundo. Uma delas deverá ser inaugurada em São Paulo, no Itaim, no começo de 2015. Neste mesmo ano ganharão unidades da Eataly as cidades de Verona, Boston, Londres e Moscou. As lojas de Turim, Roma e Nova York receberam juntas, no ano passado, 16 milhões de visitantes.

Além das lojas, o grupo administra duas dezenas de empresas do ramo alimentar. Muitas das marcas chegam às prateleiras do Eataly com exclusividade, como os vinhos Borgogno, do Piemonte, famosos desde o século XVIII, e a cerveja artesanal Baladin, da tradicional vinícola Fontanafredda.

O Eataly de Nova York funciona sob responsabilidade de Mário Batali, cozinheiro que é celebridade nos Estados Unidos, tem programa de TV, é autor de vários livros e chefia outros restaurantes da cidade. Nome respeitado, conferiu ao lugar um charme singular que tem atraído cada vez mais gente interessada por culinária, vinhos, design, um jeito de ser italiano. Estão inovando sempre e neste ano lançaram um produto chamado Eatinerari, que é uma caixa com sugestões de roteiros gastronômicos na Itália. A caixinha, que é uma boa sugestão de presente para quem vai viajar para lá e quer ter endereços confiáveis à mão, pode ser comprada online .

Dos livros de saladas que trouxe, retirei a receita que pode ser vista na ilustração. Pear salad with gorgonzola and walnuts. Considero uma ótima opção para compor o cardápio das festas de Natal e Ano Novo que se aproximam. Peras e queijo Gorgonzola combinam de forma magnífica e entram em diferentes composições com outros ingredientes. No caso, com nozes e alface. É uma entrada sofisticada e muito fácil de preparar. Você pode fazer da forma como está na foto, ou seja, escavando o interior da pera e depois devolvendo a polpa misturada ao queijo e às nozes. Ou pode facilitar o trabalho, apenas descascando (ou não) as peras, cortando em cubinhos e misturando aos outros ingredientes, antes de colocar tudo sobre folhas de alface.

Comece lavando bem as peras. Seque-as com papel toalha e parta-as ao meio. Mantenha o cabo para dar o toque gourmet. Retire as sementes e escave delicadamente com colher o interior, retirando a polpa. Com um garfo, desmanche o Gorgonzola. Quebre grosseiramente as nozes. Misture as duas frutas, pera e nozes, e acrescente o queijo. Tempere com sal, pimenta e azeite. Devolva às cumbucas de casca e coloque-as sobre folhas de alface devidamente lavadas e secas. Fácil e festiva; bem eataly; com jeito natalino.

INGREDIENTES

2 peras maduras mas firmes
120 gramas de queijo Gorgonzola
1 pé de alface lisa
50 gramas de nozes
100 ml ( meia xícara de chá) de azeite extra virgem
Sal
Pimenta-do-reino

porção:4
dificuldade: fácil
preço: econômico

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s