Katie e o sossego caseiro


20150117021609_29393915

Por Adriana Mendonça

O tema da semana passada, mulheres, por questões óbvias, se mostrou incrivelmente inspirador – e gostaria de explorá-lo nas suas inúmeras possibilidades. Lembrei-me, por exemplo, de Jorge Amado e de suas tantas mulheres saborosas, boas de cozinha, que sabiam como ninguém seduzir um homem pelo estômago. Volto a isso…

Os tempos pedem modernidade e independência, por isso falo de outra mulher: Katie Quinn Davies. Totalmente ao contrário das baianas de Jorge Amado, Katie é branquela, magérrima, antenada, moderna, independente, fotógrafa e sedutora. Seu grande trunfo: a comida – tudo bem, diferente, pero no mucho.

O livro da Katie tem o sugestivo nome de Quando Katie Cozinha, lançado no Brasil pelo selo Panelinha, que todo mundo conhece. O livro, muitíssimo bem ilustrado, vale a compra, ainda que não se queira cozinhar. A história de sucesso da autora também nos dá a dimensão da nossa nova realidade.

Até pouco tempo, Katie não era “ninguém”, poucos a conheciam e tampouco ganhava muito dinheiro. Até que conseguiu se aconchegar na internet e, quase do dia para a noite, virou um fenômeno parecido com o que acontece com as blogueiras fitness ou de moda. Aliás, ela começou justamente com um blog que fez enorme sucesso: What Katie ate. O blog “O que a Katie comeu” ganhou prêmio e virou o queridinho da mídia especializada em foto de comida. Ou seja, as receitas são o suporte da arte a que ela se dedicou: a fotografia. Por isso, é tudo muito bonito. E qualquer um que tenha tentado fotografar um prato sabe como é difícil uma comida ter cara e cor apetecíveis. Muito embora as novas tecnologias embutidas nos celulares tenham conseguido driblar isso.

Mas as receitas do livro são boas e – mais importante – dão certo! Embora a explicação inicialmente possa parecer confusa, talvez pela tradução, mas é só prestar atenção. A escritora, na introdução, nos convida a saborear a imensa jornada que foi cozinhar e fotografar os pratos sozinha, claro, em como isso deve tê-la consumido e em como trabalhos como esse mobilizam toda a família e rede de amigos, já que quando o assunto é comida é sempre fácil encontrarmos ajudantes.

Gostei especialmente da receita de granola caseira, em como dá para substituir de forma bastante saudável e saborosa as granolas compradas. O frango com gergelim apimentado, a combinação de pimentas é forte, mas muito saborosa – e também serve para preparar as famosas asinhas de frango apimentadas. A receita de crumble de framboesa é fácil e a farinha pode ser utilizada sobre qualquer base de frutas. E, por último, os bolos de chocolates são deliciosos.

Sinceramente, não existe nada de mágico, mas o livro, as histórias que ela conta e a beleza de todo o conjunto dão aquela vontade de cozinhar, de colocar uma mesa, de agradar quem se ama, enfim aquele sossego caseiro que tão bem faz.

DICA DA SEMANA

Molho

Para se fazer um bom molho branco, temos a opção do bom e velho bechamel – ele é antigo, tem uma cara meio dépassé, mas é também versátil. Mas dá para criar seu próprio molho branco, de forma mais leve e mais saborosa, sem ter que ficar cozinhando farinha no leite.

Qualquer que seja seu prato: carne vermelha, frango ou frutos do mar, você poderá obter um molho suave e rico através do sabor dos próprios ingredientes.

Pegue uma frigideira e manteiga apenas para untar. Pegue a carne, ou o peixe, ou o frango, tempere a gosto, passe azeite ou óleo. Daí, doure na frigideira de todos os lados e reserve.

Nessa mesma frigideira – “suja” -, espalhe 1 xícara de creme de leite fresco, 1 xícara de caldo de legumes ou carne. E ainda, uma dose de vermute ou de vinho branco seco, eles farão toda a diferença e não se preocupe com o álcool, ele evaporará. Deixe reduzir um pouco, devolva a proteína para a frigideira e finalize. Corrija os temperos: sal, pimenta do reino moída na hora e queijos, conforme o seu gosto: parmesão, gorgonzola, meia cura, etc. Ele engrossará um pouco se ficar na panela, finalize na hora de servir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s